O hotel é mais embaixo.


Observem este buraco mais embaixo, ou melhor esta cratera, é o resultado de anos de exploração mineral, fica em Songjiang, próximo a Shangai, na China.

Cratera em Songjiang - imagem  urbanity.es
Cratera em Songjiang - imagem urbanity.es

Pois é, empresários locais resolveram fazer algo útil neste terreno(?), claro que o aproveitamento de pedreiras abandonadas não é nenhuma novidade, mas o inusitado é que os chineses queriam, e querem, jogar os turistas neste buraco, e quem tiver condições certamente vai querer ir, ao menos por curiosidade. Para isto abriram um concurso para construir um hotel, isto mesmo um hotel, aproveitando o terreno(????!!!),
Imagem © Atkins Architects -
Imagem © Atkins Architects -

O Songjiang Hotel será um cinco estrelas com características muito particulares sendo parte do Shanghai Shimao Wonderland, um projeto que é ao mesmo tempo parque temático, resort, centro comercial e de entretenimento, a área total do projeto é de 428.200 m², com uma área construída de 550.000 m².
O vencedor do concurso para a construção do hotel foi o Escritório de Arquitetura Atkins, com uma proposta inovadora, inspirada na água que atualmente preenche o fundo do buraco, nos barrancos e na natureza ao redor, cujo ponto de destaque é a estrutura em vidro que simula uma cachoeira desaguando na cratera de 100 metros de profundidade.
O hotel é a ancora do projeto, serão 400 apartamentos distribuídos por 18 andares, 17 deles abaixo do nível do solo, ou seja dentro da cratera, contando com facilidades tais como piscina termal, restaurante e café subaquáticos. O centro de experiências oferece atrações internas e externas, tais como esportes aquáticos e um shopping center. Também faz parte do hotel um centro de convenções para 1000 pessoas.
A perspectiva noturna é impressionante - Imagem © Atkins Architects
A perspectiva noturna é impressionante - Imagem © Atkins Architects

Entretanto a sustentabilidade é o ponto alto do projeto, indo desde a utilização de telhados verdes ao aproveitamento da energia geotermal, sem contar a forma engenhosa de aproveitamento do que foi um desastre causado a bem do chamado progresso.
A construção se mimetiza com o ambiente -© Atkins Architects
A construção se mimetiza com o ambiente -© Atkins Architects

A previsão de inauguração é para o final de 2010.

Anúncios

2 comentários sobre “O hotel é mais embaixo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s