Estive aqui


hollywoodland-sign

A indústria do turismo é avida por ícones. Nos tempos das mídias sociais é preciso mais que nunca marcar a passagem por um lugar, afirmar para todos mundo,literalmente, eu estive aqui, e não basta aquele monumento frente aos quais as poses se repetem, é preciso inovar, oferecer sempre algo diferente, mas nem sempre criativo. Aliás criatividade é algo que está em falta quando se fala em marketing turístico.

A bola da vez na promoção icônica são as letras tridimensionais formando o nome da cidade, enquanto algumas tentam ser “originais” na cópia, outras nem disfarçam.

É certo que o letreiro mais famoso e antigo não nasceu com este propósito, sua função foi mais prática, vender lotes. Esta foi a intenção quando em 1923 foi erigido no Monte Lee o letreiro Hollywoodland , algo precária para ser desmontado uma ano e meio depois, mas o tempo passou, e o que era provisório, com um ajudinha da nascente indústria cinematográfica passou a fazer parte da paisagem, como se ali tivesse estado desde sempre, talvez por esta razão tenha demorado tanto para o land, que lembrava o loteamento,  ser suprimido, isto só aconteceu em 1949. Mas o certo que apesar de ser famoso este letreiro não era original, ele foi sugerido aos incorporadores do loteamento por H.J. Whitley que já havia usado um letreiro semelhante em seu empreendimento Whitley Heights.

Anos depois, na verdade muitos anos depois, 2008, a mesma Los Angeles de Hollywood viria nascer outro letreiro que vem se tornando ícone, as letras LAX, sigla para o Aeroporto de Los Angeles. Apesar de ter apenas três letras o projeto de autoria de Gin Wong Associates and S.K.A levou onze meses para ser concluído e custou 45 mil dólares americanos.

Entre um letreiro e outro surgiu um outro ícone do marketing turístico, a campanha e símbolo “I Love New York, ou simplesmente I❤NY, marca que é propriedade do Estado de Nova York , e da qual falamos aqui não só por ser amplamente copiada, mas sê-lo sem nenhuma cerimônia neste letreiros monumentos, não tanto assim se comparado às dimensões verdadeiramente monumentais daqueles que os “inspiraram”.

colagem

Talvez este modismo tenha uma raiz comum, e com finalidade claramente turística, qual seja a campanha I Amsterdam, para promover a capital holandesa. O dois metros de altura por 23 m de comprimento são modestos perto dos 9 metros de altura de cada letra dos letreiros/monumentos Hollywood e LAX.

Se o I Amsterdam brinca com I am (Eu sou em inglês), substituindo o I love da campanha nova-iorquina, outros não disfarçam e dá-lhe I❤ ou equivalente na língua natal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s